top of page

Lembretes para mim - O início

Oi Bi, tudo bem? Dezembro, mês intenso, não é? Estamos em tempo de reflexões sobre o ano. Revendo essa linha do tempo, recordando os pontos marcantes, nos parabenizando pelos momentos “apesar de” em que nos saímos bem e revendo os momentos que chegamos perto, mas nos colocamos “em recuperação” considerando o nosso próprio gabarito.


Lembra? O ano começa, intencionamos seguir um gabarito que nós mesmas elaboramos e vamos para a vida. Não temos acesso à prova com antecedência, nem sabemos quando ela vai vir, se serão mais questões complexas ou simples, nem a área, nem quem estará envolvido. E quando o teste não é individual? - Será que os testes em dupla ou em grupo valem mais ponto? Rsrs… Parece justo, mas eu não sei se é assim que funciona. - Voltando… Depois do teste, ainda vamos lidar com o nosso resultado. Conferimos como nos saímos com mais atenção aos detalhes do que qualquer um, afinal, nós estávamos compromissadas com o gabarito.


Bi, este ano eu percebi um detalhe interessante. Respira porque essa parte é importante. Das vezes que nos desviamos do nosso gabarito de desenvolvimento, das vezes em que esmorecemos diante dos objetivos, que ficamos dispersas ( e ficamos muito dispersas esse ano!), das vezes que ficamos sedentas de vida (como colocar mais vida em nossos dias?), enfim, das vezes em que nos perdemos para mais ou para menos nas doses, sentimos falta de ouvir o que em algum lugar aqui, já teríamos condições de nos dizer ou o que diríamos para uma amiga. Já notou como a gente se apruma rápido para acolher e conversar com uma amiga? Por isso eu resolvi te escrever bilhetes.


Esses lembretes virão com compaixão, como amparo a mim mesma, mas mantendo a porta escancarada para que o amparo divino e o amparo por meio das pessoas possam chegar mais e mais, por todos os lugares e meios.


Sem pretensões além desta, não serão esses lembretes que irão te poupar dos solavancos, porque, querida, estamos em “treinamento em serviço” de virtudes e o Examinador é bem criativo em nos colocar em campo de treinamento. O melhor é não resistir e fazer do objetivo de desenvolvimento d’Ele, o mesmo que o nosso e podemos fazer isso com amor por nós.


Estou aqui contigo, conte comigo em sua empreitada de vida.

Logo mais te escrevo…

3 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page